Use este identificador para citar ou criar um link para este item: http://hdl.handle.net/123456789/1541
Título: Sentidos e Significados da reprovação para estudantes universitários do Amazonas
Autores: Silva, Juliana de Lima da
Souza, Ana Maria de Lima
Palavras-chave: Psicologia Escolar
Reprovação
Atividade de Estudo
Data de publicação: 2016
Citação: SILVA, Juliana de Lima da. Sentidos e Significados da reprovação para estudantes universitários do Amazonas. Porto Velho, 2016. 100 f. Dissertação (Mestrado Acadêmico em Psicologia). Fundação Universidade Federal de Rondônia, Porto Velho, 2016.
Resumo: Ao problematizar sobre a experiência do reprovar poderemos entender quais os sentidos e significados atribuídos à reprovação e a sua relação com a atividade de estudo, bem como criar estratégias de enfrentamentos em relação à reprovação no ensino superior. Utilizamos como teoria principal para as nossas discussões a Psicologia Histórico-Cultural, representada por Vigotski e seus seguidores, principalmente no que se refere a aprendizagem e desenvolvimento humano. Como teoria auxiliar utilizamos a Pedagogia Histórico-Crítica de Saviani e colaboradores, com o objetivo de discutirmos a educação formal e a avaliação da aprendizagem como fundamentais na formação humana. Temos como Objetivo Geral: Analisar a atribuição de sentidos e significados para reprovação e sua relação com a atividade de estudo a partir das experiências de estudantes universitários de uma instituição pública do Amazonas. No que diz respeito ao percurso metodológico realizamos um exercício de aproximação ao materialismo histórico dialético buscando as especificidades do fenômeno da reprovação, tais como a maneira como se objetiva, como é sentido, qual sua influência sobre os estudantes, enfim, compreender a relação entre o significado e o sentido atribuído à reprovação. A pesquisa foi realizada no município de Humaitá-AM, no Instituto de Educação, Agricultura e Ambiente da Universidade Federal do Amazonas – IEAA/UFAM. Os participantes da pesquisa são estudantes com histórico de uma ou mais reprovações na disciplina de Cálculo I, matriculados nos cursos de Engenharia Ambiental, Agronomia e Ciências: Matemática e Física. A coleta dos dados foi dividida em duas fases, sendo que na primeira foi elaborado e aplicado um questionário contendo perguntas de múltipla escolha e perguntas dissertativas. A segunda fase se deu por meio de entrevista semiestruturada. O processo de análise dos dados se iniciou com a criação de categorias descritivas de análises, todavia essas categorias não são suficientes para chegarmos a essência do fenômeno da reprovação, sendo necessário a criação de Unidades de Análise, a fim de transformar o concreto real em concreto pensado. No final do processo de análise foi possível observar que os sentidos construídos em decorrência da reprovação relacionam-se com o método de ensino tradicional praticado na instituição pesquisada. Dessa forma, esperamos que este trabalho possa contribuir para uma mudança de paradigma educacional no ensino superior, onde a formação plena do estudante torne-se prioridade frente as demandas capitalistas.
Descrição: Dissertação apresentada ao Programa de Mestrado em Psicologia como exigência parcial para obtenção do título de Mestre em Psicologia pela Universidade Federal de Rondônia – UNIR. Linha de Pesquisa: Psicologia Escolar e Processos Educativos. Orientadora: Dra. Ana Maria de Lima Souza.
URI: http://hdl.handle.net/123456789/1541
Aparece nas coleções:Mestrado em Psicologia / PVH. Dissertações

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
dic. julianafinal.pdf2,27 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.