Use este identificador para citar ou criar um link para este item: http://hdl.handle.net/123456789/2039
Título: Utilização de dados altimétricos, geomorfológicos e gamaespectrométricos para a identificação de crostas lateríticas em uma área da porção norte do estado de Rondônia
Autores: Herrera, Isabel Leonor Iza Echeverria
Silva Filho, Eliomar Pereira da
Palavras-chave: Gamaespectrometria
Altimetria
Lateritos
Geomorfologia
Método Booleano
Método Index Overlay
Data de publicação: 2016
Resumo: A cartografia geológica e geomorfológica na Amazônia é pouco detalhada, comumente apresenta descrições superficiais e subestimam significativamente as áreas lateríticas. Nesse sentido, no intuito de contribuir com o detalhamento da cartografia na porção norte de Rondônia, recorreu-se a estudos para estabelecer a relação entre a ocorrência de lateritos e os aspectos geomorfológicos. Na primeira etapa deste trabalho, a imagen de relevo, mapas geomorfológicos e geológicos foram integrados e correlacionados para identificar áreas de crostas lateríticas e suas feições geomorfológicas associadas. Na área de estudo, as crostas lateríticas ocorrem associadas a platôs com altitudes entre 120 e 150 m e entre 180 e 204 m, todas com declividades inferiores a 2% e densidade de drenagem muito baixa, que foram ratificados com dados de campo. Na margem direita do rio Madeira, as áreas lateríticas ocupam aproximadamente 256 km2 representando 6,12% da área de estudo e geram desníveis locais de até 30 m de altura. As crostas lateríticas têm espessuras de até 6 m, são ferruginosas, constituídas principalmente por hematita, goethita, quartzo, raramente caulinita e gibbsita, e apresentam estrutura colunar e textura pisolítica/nodular. A avaliação e posterior integração das imagens de radar e de suas principais feições geomorfológicas, assim como as avaliações geológicas, proporcionaram a identificação de novas áreas de ocorrência de crostas lateríticas. Na segunda etapa, com o intuito de incrementar a cartografia das crostas e compreender o padrão de resposta gamaespectrometrico optou-se pela integração da gamaespectrometria com a altimetria. Os resultados destacaram dois padrões de respostas. O primeiro constituído por valores altos de eTh e baixos de K e eU associados a crostas derivadas de granitoides, localizado na porção noroeste da área de estudo. O segundo representado por baixos valores de eTh, K e eU e relacionados a crostas derivadas de rochas máficas-ultramáficas e/ou supracrustais, localizado na porção sudeste da área de estudo. Os resultados propiciaram a identificação de novas áreas localizadas na margem esquerda do rio Madeira permitindo a ampliação da atual cartografia geomorfológica. Na terceira etapa foi aplicado o método booleano, mais especificamente o método index overlay, usando dados altimétricos e gamaespectrométricos com o intuito de ter uma visão quantitativa das áreas de favorabilidade de ocorrência de crostas lateríticas. As áreas identificadas coincidem com as áreas mapeadas por trabalhos anteriores, e incluem áreas novas que mostraram-se consistentes com as bases geomorfológicas, geológica, de solos e de aptidão agrícola. A ferramenta mostrou-se útil na identificação e delimitação das áreas de ocorrência de crostas lateríticas, especialmente as áreas na margem esquerda do rio, onde as crostas não ocorrem associadas a platôs. Nesta região, as áreas consideradas favoráveis para a ocorrência de lateritos ocupam aproximadamente 22,4 km2 representando 0,54% da área de estudo. As áreas de favorabilidade obtidas nesta etapa do trabalho permitiram sugerir incrementos cartográficos nos mapas geológico, geomorfológicos e de aptidão agrícola em escalas entre 1:250.000 e 1:100.000.
Descrição: Dissertação de Mestrado apresentada ao Programa de Pós Graduação em Geografia PPGG- da Universidade Federal de Rondônia – UNIR, como parte dos requisitos para a obtenção do título de Mestre.
URI: http://hdl.handle.net/123456789/2039
Aparece nas coleções:Mestrado em Geografia / PVH. Dissertações



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.