Use este identificador para citar ou criar um link para este item: http://www.ri.unir.br/jspui/handle/123456789/2609
Título: Geografia do crime: espacialização de homicídios e roubos ocorridos no município de Rio Branco como instrumento analítico de prevenção da criminalidade
Autores: Araújo, Jaqueline Sousa de
Palavras-chave: Espacialização
Homicídios
Roubos
Políticas Públicas de Segurança.
Data de publicação: 2018
Citação: ARAÚJO, Jaqueline Sousa de. Geografia do crime: espacialização de homicídios e roubos ocorridos no município de Rio Branco como instrumento analítico de prevenção da criminalidade. Fundação Universidade Federal de Rondônia, 2018.
Resumo: A segurança pública é fator de maior preocupação da sociedade brasileira, liderando todos os índices de pesquisas de opinião pública1. As características históricas, geográficas e sociológicas do processo de formação do estado do Acre e a crescente estatística de homicídios e roubos ocorridos na capital rio-branquense, na série histórica de 2012 a 2016, evidenciam uma crescente geografia do crime. Assim, objetivou-se, nesse trabalho, espacializar os crimes de homicídios e roubos como instrumento analítico de prevenção da criminalidade. Para o desenvolvimento desse trabalho, foram consideradas duas etapas metodológicas complementares. A primeira correspondeu à definição da problemática e método de pesquisa desenvolvida sob a abordagem hipotético-dedutiva e fundamentou-se, teoricamente, em teóricos clássicos como Claval, Arendt, Foucault, Haesbaert e Raffestin. Para a segunda etapa, adotou-se a metodologia de Libault, elaborada com a finalidade de resolver os problemas referentes à articulação lógica entre as operações de análise e tratamento de dados estatísticos em geografia, bem como, para os raciocínios simples e elementares. Para a análise do impacto dos eventos de homicídios e roubos na capital acriana, foi utilizado um conjunto de variáveis que representam o comportamento desses eventos no espaço e no tempo, atinentes ao modus operandi; e dados secundários que englobam as informações notificadas. Como resultado, a coleta e as análises espaciais, estatísticas, criminais e de inteligência empreendidas nos dados relacionados aos indicadores de homicídios e roubos permitiu a produção de um instrumento consultivo de conhecimento válido e subsidiário ao planejamento e avaliação de ações preventivas de políticas públicas de segurança. A difusão desse instrumento instiga os diversos segmentos responsáveis pela diminuição ou estabilidade dos níveis toleráveis da violência multifacetada que causam sensação de insegurança à população acriana.
Descrição: Dissertação de Mestrado apresentada ao Programa de Pós-Graduação Mestrado e Doutorado em Geografia, da Universidade Federal de Rondônia (Unir), como requisito para obtenção do título de Mestre em Geografia. Linha de Pesquisa: Território e Sociedade na Pan-Amazônia – TSP. Orientador: Prof. Dr. Josué da Costa Silva
URI: http://www.ri.unir.br/jspui/handle/123456789/2609
Aparece nas coleções:PPGG/PVH - Mestrado em Geografia (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
VERSAO_FINAL_CAPA_DURA___DISSERTACAO_JAQUELINE.pdf7,07 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.