Use este identificador para citar ou criar um link para este item: http://hdl.handle.net/123456789/981
Título: Desempenho produtivo e econômico de pirarucu (Arapaima Gigas Schinz, 1822) em fase de crescimento, cultivado em diferentes taxas de arraçoamento, em viveiro escavado
Autores: Leopoldino, Fabiane Bazzi Rocha
Palavras-chave: Crescimento
Cultivo intensivo
Econômico
Data de publicação: 2015
Citação: LEOPOLDINO, F. B. R. Desempenho produtivo e econômico de pirarucu (Arapaima Gigas Schinz, 1822) em fase de crescimento, cultivado em diferentes taxas de arraçoamento, em viveiro escavado. 2015. 51 f. Monografia (Bacharelado em Engenharia de Pesca) - Fundação Universidade Federal de Rondônia, Presidente Médici, 2015.
Resumo: O pirarucu é uma espécie com grande potencial de cultivo e com importantes atributos gastronômicos pela diversidade dos cortes em função do tamanho da carcaça e do rendimento em filé. Contudo, seu sistema de cultivo demanda estudos e tecnologias a fim de garantir a viabilidade econômica produtiva. Altas taxas de arraçoamento no cultivo de alevinos de Pirarucu, além de inviabilizar economicamente pelo custo da ração, podem alterar a qualidade da água pelo excesso de resíduos aportados ao meio aquático ricos principalmente em nitrogênio, cálcio e fósforo. Objetivou-se com este trabalho avaliar o desempenho produtivo e econômico de pirarucu (Arapaima gigas) cultivado a diferentes taxas de alimentação, na fase de crescimento. O experimento foi desenvolvido em viveiro escavado, subdividido com tela galvanizada revestida de PVC, totalizando 15 hapas de 48 m2 e 1,5 m de profundidade apresentando volume de 72 m3/hapa. Foram utilizados 96 juvenis com peso médio inicial de 1.612 ± 1,27 gramas estocados na densidade de seis peixes/hapa, distribuídos em delineamento inteiramente casualizado em cinco diferentes taxas de arraçoamento e três repetições ou hapas. As taxas de arraçoamento (TA) foram de 2,5; 3,0; 3,5; 4,0; 4,5 % do peso corporal (PC), sendo utilizada ração com 40 % de proteína bruta (PB), aos 45 dias reduziu-se as TA formando os sistemas de alimentação dados por S2,5-2,0; S3,0-2,5; S3,5-3,0; S4,0-3,5; S4,5-4,0 % do PC, e 38 % de PB nas rações, por um período de 70 dias. Foram realizadas avaliações biométricas bimestrais e monitoramento dos parâmetros limnológicos. As medidas biométricas de comprimento da cabeça e comprimento corporal não apresentaram diferenças as TA (P>0,05) e os parâmetros físico-químicos da água mantiveram-se dentro do recomendado para o cultivo dessa espécie com pH de 6,9 e oxigênio dissolvido médio de 4,2. Os juvenis alimentados na TA de 2,5 % do PC apresentaram conversão alimentar aparente (CAA) de 1,93 até 1,61 kg de peso corporal em 45 dias. Houve diferença significativa de taxas apenas entre os sistemas da alimentação S2,5-2,0 e S4,5-4,0 % do PC, que apresentaram CAA de 2,70 e 3,61, respectivamente em 115 dias de experimento. O custo do animal e da ração representam 44 e 56 % do custo operacional efetivo (COE) no sistema de menor TA (S2,5-2,0 % do PC). O aumento da TA aumenta a participação da ração no COE. Conclui-se que o sistema de alimentação com taxas de arraçoamento de S2,5-2,0% proporciona melhor desempenho econômico para juvenis de Pirarucu de 1,61 a 4,31 kg em função da menor conversão alimentar e por não gerar desperdícios em resíduos. Definir uma menor taxa de arraçoamento que proporcione máximo potencial de desempenho é importante para reduzir o impacto ambiental e econômico negativos nos sistemas de produção de espécies carnívoras. Sugerem-se estudos com taxas de arraçoamento ainda menores com rações mais proteicas ao longo do ciclo de cultivo a fim de se viabilizar o sistema de cultivo do pirarucu.
Descrição: Trabalho de Conclusão de Curso apresentado ao Departamento de Engenharia de Pesca da Fundação Universidade Federal de Rondônia – UNIR, como requisito para a obtenção do título de Engenheiro de Pesca. Orientadora: Prof.ª Dra. Jucilene Cavali Coorientador: Prof. Dr. Marlos Oliveira Porto
URI: http://hdl.handle.net/123456789/981
Aparece nas coleções:DEPESCA/PM. Trabalhos de Conclusão de Curso
DEPESCA/PM. Trabalhos de Conclusão de Curso

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
LEOPOLDINO, F. B. R..pdfLEOPOLDINO, F. B. R.2,07 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.