Use este identificador para citar ou criar um link para este item: http://hdl.handle.net/123456789/970
Título: Análise dos parâmetros limnológicos e da comunidade fitoplanctônica dos viveiros da piscicultura Santa Helena, Alvorada d’Oeste, Ro
Autores: Costa, Rafaela Lemes da
Palavras-chave: Qualidade d’água
Parâmetros físico-químicos
Fitoplâncton
Piscicultura
Data de publicação: 2014
Citação: COSTA, Rafaela L. da. Análise dos parâmetros limnológicos e da comunidade fitoplanctônica dos viveiros da piscicultura Santa Helena, Alvorada d’Oeste, Ro. 2014. 75 f. Monografia (Bacharelado em Engenharia de Pesca) - Fundação Universidade Federal de Rondônia, Presidente Médici, 2014.
Resumo: A piscicultura é um dos segmentos da produção animal que mais cresce no cenário mundial, neste ramo a qualidade da água é preocupação constante, pois quando esta apresenta má qualidade possibilita queda no desempenho produtivo e mortalidade dos peixes, diminuindo assim produção e lucratividade. Esta pesquisa teve por objetivo analisar as variáveis limnológicas e identificar botanicamente a flora fitoplanctônica avaliando sua correlação com o manejo em viveiros de renovação e fluxo contínuo de água da Piscicultura Santa Helena, Alvorada d’ Oeste, RO. O estudo foi desenvolvido na Piscicultura Santa Helena, km 14, TN 13, GB 4, no município de Alvorada do Oeste – RO, sendo nesta propriedade três hectares destinados para engorda de Colossoma macropomum (tambaqui), onde quatro viveiros foram escolhidos para desenvolvimento do estudo. Foram realizadas coletas bimestrais de agosto/2013 à maio/2014, na superfície (20%) e fundo (80%), no abastecimento e escoamento de cada viveiro. O mês de agosto apresentou maior condutividade elétrica (CE) (máx.155,4μS/cm), outubro apresentou aumento expressivo de densidade da comunidade fitoplanctônica e menor transparência (min.13 cm), em dezembro registrou-se o aumento da concentração de fósforo (máx. 3,3 mg.L-1) e menor média de oxigênio dissolvido (OD) (1,7 mg.L-1) o que foi associado a finalização do ciclo de produção, fevereiro/2014 (inicio do novo ciclo de produção) e maio mantiveram-se relativamente equilibrados quanto aos parâmetros. A partir dos dados pode-se notar algumas correlações como: o aumento da temperatura da água ocasionou a diminuição da concentração de OD; a CE e OD apresentaram relação inversamente proporcional ao nível de precipitação de chuva; a concentração de nitrito teve relação inversa ao OD nos viveiros; houve a diminuição da transparência do viveiro de abastecimento até o viveiro 5 em consequência do abastecimento interligado destes. Foram identificados 74 espécies da comunidade fitoplanctônica, a classe com maior representatividade em nível de riqueza (23 espécies) e de ocorrência nos viveiros (43%) foi a Chlorophyceae. As amostras coletadas a 80% de profundidade apresentaram maior diversidade de espécie comparado às coletadas a 20%. As Cianofíceas se mostraram influentes na comunidade fitoplanctônica, com altas densidades do gênero Microcystis e Planktotrix que juntamente com o gênero Euglena (Euglenophyceae) foram associados à florações na piscicultura em outubro/ 2013 e fevereiro/ 2014.
Descrição: Monografia apresentada ao Departamento de Engenharia de Pesca, Fundação Universidade Federal de Rondônia, Campus de Presidente Médici, como parte dos requisitos para obtenção do título de Engenheira de Pesca. Orientadora: Prof.ª Dra. Fernanda Bay Hurtado
URI: http://hdl.handle.net/123456789/970
Aparece nas coleções:DEPESCA/PM. Trabalhos de Conclusão de Curso

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
COSTA, Rafaela L. de.pdfCOSTA, Rafaela L. de2,16 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.